Agricultura digital ferramentas Indispensáveis no Agronegócio.

São grandes os desafios da agricultura para o século XXI. Segundo a FAO, para atender a demanda de 9,6 bilhões de habitantes no planeta em 2050, será necessário um incremento acelerado na produção de alimentos e na eficiência no uso da água e da terra. Para especialistas, esses incrementos deverão vir principalmente do aumento da produtividade dos cultivos através da agricultura digital. No entanto, além da descoberta de uma inovação tecnológica, será necessário que a adoção em larga escala, pela grande maioria dos agricultores, em diferentes partes do mundo.


Alcançar elevadas produtividades depende hoje de inovações tecnológicas nas mais diferentes áreas agrícolas, como cultivares, nutrição de plantas, máquinas, produtos para proteção de plantas. Mas, é preciso uma sintonia fina entre o uso da agricultura digital com outras variáveis, como a qualidade do solo. É preocupante, por exemplo, quando se constata que aproximadamente 30% dos solos em nível mundial encontram-se com algum nível de degradação - física, química ou biológica - que compromete, em parte, a eficiência das inovações tecnológicas e seu efeito no aumento da produtividade. Com isto, estima-se que atualmente estamos sendo eficientes em explorar apenas 30 a 40% do potencial produtivo das cultivares modernas.


É nesse cenário que entram as tecnologias da agricultura digital. As ferramentas digitais têm proporcionado aos agricultores maior praticidade, agilidade e assertividade no diagnóstico dos problemas em suas áreas. Possibilitam que o produtor tenha uma visão mais ampla do seu sistema produtivo, gerando muitos dados, permitindo a rastreabilidade das atividades e das máquinas, a análise acurada da eficiência dos insumos e do desempenho das cultivares, enfim, uma série de informações que permitem aumentar a eficiência no uso de insumos e, consequentemente, contribuir com maior produtividade.


Além disso, cada vez mais se trabalha com a hipótese de aproximação do produtor rural ao consumidor urbano, através da rastreabilidade de processos. Isso poderá demandar ajustes nos sistemas produtivos, que transcendem a busca pela produtividade, e incluam a qualidade, o valor nutricional e o baixo risco à saúde por contaminantes.

As plantações modernas e as operações agrícolas são realizadas de maneiras muito diferentes quando comparadas às praticadas algumas décadas atrás. Inicialmente podemos relacionar este salto em produtividade e gerenciamento das plantações aos avanços tecnológicos que vem sendo aplicados à agricultura. A tecnologia agrícola hoje inclui: o uso de diversos tipos de sensores, utilização de máquinas e sistemas integrados.


Atualmente a rotina das grandes plantações tem implementado sofisticadas tecnologias, como o uso da robótica e principalmente drones, que têm revolucionado os mais diversos tipos de processos agrícolas.

Além de utilizar constantemente tecnologias já difundidas mundialmente como: sensores de temperatura e umidade, imagens aéreas e GPS.


Todos estes avanços estão relacionados à Agricultura de Precisão e permitem maior produção, aumento dos lucros e da eficiência, além de garantirem maior segurança nas operações.


Confira a seguir a importância do uso da tecnologia na agricultura e como ela tem proporcionado diversos avanços.


Agricultura de Precisão

A Agricultura de Precisão foi a principal responsável pela busca por novas tecnologias e avanços para as plantações. Este tipo de agricultura é baseado na observação, monitoramento e gestão de todos os insumos necessários e principalmente de toda a plantação.


As novas tecnologias vieram para atender a todas estas demandas e alcançar resultados favoráveis e aumentar significativamente a produção.


Elas podem ser consideradas um dos fatores mais importantes que possibilitaram o sucesso do emprego da agricultura de precisão nas plantações de todo o mundo.


Tecnologia na agricultura

Tecnologia Agrícola

Diversos avanços têm sido constantemente utilizados na agricultura, proporcionando ótimos ganhos de produtividade, facilitando a gestão e diminuído diversos custos.


O primeiro grande avanço na agricultura foi o uso do GPS que possibilitou a entrada de outras tecnologias como o emprego de novas máquinas guiadas por computador/satélite.


Tratores guiados por GPS para plantação de sementes, aplicação de pesticidas e principalmente nos processos colheita possibilitam ganho de performance e redução dos tempos de parada.


O uso de sistemas integrados foi outra grande inovação dos últimos anos. A possibilidade de acessar todos os dados e visualizar diversos KPIs através de qualquer computador, ou simplesmente pela tela do smartphone, permitiu aos gestores um controle total de toda a plantação.


O último grande salto tecnológico do setor agrícola foi a introdução de drones em diversos processos. O uso destas pequenas aeronaves não tripuladas permite monitoramento aéreo em tempo real dos processos de colheita e sensoriamento remoto mais acessível quando comparado ao realizado por satélites.


Os drones também conseguem detectar pragas na plantação e gargalos na produção com bastante agilidade, reduzindo perdas e aumentando a performance.


Além disso, permitem encontrar os pontos que carecem da aplicação de insumos e remédios com maior facilidade, possibilitando usos pontuais e principalmente a redução de custos.


A importância da tecnologia agrícola

Os grandes agricultores não precisam mais aplicar água, fertilizantes, pesticidas e alguns insumos uniformemente em toda a plantação.


Com o uso de tecnologias é possível utilizar a quantidade mínima requerida em cada área específica, também se consegue tratar cada planta de maneira única e diferenciada.


Alguns dos benefícios que a tecnologia agrícola proporciona são:


Aumento da produtividade: com os avanços consegue-se detectar os gargalos na produção e aumentar o número de plantas por hectare, elevando assim a produtividade da plantação.

Redução do consumo de água, fertilizantes e pesticidas, que além de proporcionar aumento do lucro permite reduzir o valor do produto.

Diminuição dos impactos ambientais no ecossistema e menor escoamento de produtos químicos nos rios e lençóis freáticos, tornando o negócio mais sustentável.

Aumento da segurança dos funcionários e dos processos através de tecnologias altamente confiáveis que reduzem a probabilidade falhas e erros.

Aumento da eficiência sem a necessidade de maiores gastos para mantê-la — é necessário desembolsar somente para a aplicação da tecnologia.

Detecta a escassez de nutrientes no solo e apresenta de maneira assertiva a quantidade de nutrientes e fertilizantes que precisam ser adicionados ao solo (a partir do uso de Drones).

Além de todos estes benefícios, os avanços tecnológicos aplicados à agricultura permitem maior confiabilidade da plantação, monitoramento de todo o campo e gestão de todos os recursos utilizados.


A tecnologia na agricultura permite total controle sobre a produção, processamento, estoque e distribuição.


5 principais tecnologias da atualidade

Algumas dessas tecnologias têm se destacado em meio a esse período de grandes evoluções na agricultura.


Dentre elas, vamos destacar aquelas que consideramos as principais e mais impactantes para o setor.


Sensores

O uso de sensores inteligentes vem sido aplicado na agricultura. Esta tecnologia agrícola possibilita o monitoramento total das plantas.


Estes sensores conseguem captar a saúde da plantação, a necessidade de água e o teor de nitrogênio no solo. Estes sensores alinhados com a tecnologia de conexão 4G permitem o monitoramento constante e em tempo real da plantação.


Cada agricultor pode buscar o tipo de sensor que mais se adéqua as suas necessidades. Existem no mercado os mais variados tipos de sensores que podem monitorar diversos detalhes da plantação.


Como permitem monitorar a saúde da plantação permitem a detecção de doenças e contaminações, possibilitando rápida ação dos gestores para a solução do problema.


Os dados provenientes desta tecnologia agrícola ainda podem ser utilizados para a formulação de KPIs, que possibilitam o acompanhamento da performance da plantação em função do tempo.


Drones

tecnologia agrícola: drones

Esta pequena aeronave controlada a distância é último grande salto tecnológico que a agricultura de precisão sofreu.


Os VANTs, Veículos Aéreos Não Tripulados, como também são chamados podem carregar câmeras de alta resolução e os mais diversos tipos de sensores, permitindo a esta tecnologia diversas aplicações.


As fotos tiradas pelos drones são de alta qualidade e excelente resolução, além disso podem ser tiradas na frequência desejada pelo agricultor.


Somente isto já é um enorme diferencial e mostra porque essa tecnologia tem sido escolhida ao invés dos satélites.


Os satélites não estão à disposição dos agricultores durante todo o tempo, as fotos são tiradas uma vez por semana ou mensalmente. Sem falar que o clima pode interferir muito a qualidade das fotos, o que não ocorre com os VANTs, que podem trabalhar até mesmo em condições climáticas adversas.


Esta tecnologia tem inovado a agricultura, pois permite através das suas imagens e algoritmos específicos a coleta das seguintes informações:


Contagem das plantas

Medição da altura da plantação

Detecção de pragas

Medição da eficácia de tratamentos e do uso de pesticidas

Monitoramento da necessidade de água e insumos

Os drones permitem que os agricultores otimizem a utilização de sementes, fertilizantes, pesticidas e água. Além disso, possibilitam reações rápidas contra qualquer tipo de ameaça a plantação.


GPS agrícola

O Sistema de Posicionamento Global, ou GPS, é uma tecnologia que há alguns anos já vem sendo aplicada em larga escala na agricultura.


Esta tecnologia possibilita uma série de aplicações, como: completo mapeamento da plantação, amostragens virtuais do solo e do campo, monitoramento e inspeção dos processos agrícolas e total mapeamento da produção.


Os benefícios do GPS agrícola são inúmeros, mas podemos destacar alguns dos mais utilizados: localização exata de amostras de solo, coleta e análise de dados da plantação, controle e navegação de máquinas durante o serviço.


Esta tecnologia possibilita um aumento da qualidade dos processos agrícolas e aperfeiçoamento de tarefas.


Um detalhe importante é que o GPS pode manter a produtividade da plantação, porém demandando um número menor de trabalhadores.


Big Data

Este termo é utilizado para descrever um imenso volume de dados, extremamente variado que compõe o negócio. O mais importante não é a quantidade de informações, mas sim o que é feito com elas.


O Big Data tem sido implementado na agricultura de precisão e tem possibilitado o melhor fluxo de informações, uma análise mais rápida e efetiva e tem levado à melhores decisões e criação de estratégias.


Esta tecnologia agrícola só foi viável devido aos avançados referentes às conexões sem fio e 4G. O Big Data favorece a troca de informações, tornando os agricultores mais rápidos e assertivos na tomada de decisões, que passam a ser muito mais baseada em dados do que no feeling.


tecnologia-agrícola

Mobilidade

Os agricultores não precisam mais se preocupar com a falta de acesso a alguns recursos e a internet. Nos últimos anos com o surgimento da internet 4G o trabalho e o acesso às informações se tornaram mais simples e fácil.


Esta conexão sem fios e de alta velocidade tem permitido a introdução de inúmeras novas tecnologias na agricultura.


Agora os agricultores podem monitorar a fazenda em tempo real, acompanhar máquinas durante o trabalho, gerenciar equipe e acessar pela tela do smartphone dados, KPIs e informações das plantações.


Todos os detalhes do negócio podem ser vistos através da nuvem, facilitando bastante a gestão da plantação.


O principal benefício da mobilidade, porém, é auxiliar e acelerar a utilização das demais tecnologias citadas nesse artigo.


Todas essas tecnologias têm revolucionado o setor agrícola, a utilização de cada uma delas na agricultura de precisão tem possibilitado resultados nunca antes imaginados. Com estas inovações os agricultores estão conseguindo aumentar a produtividade, mas sem prejudicar o meio ambiente.


MARKETING AGRO METAL MECÂNICA



32 visualizações0 comentário