DO BOI SE APROVEITA TUDO, ATÉ MESMO O BERRO.

Parece piada mas não é; pois o som emitido pelo bovino é sim utilizado em gravações musicais de filmes e novelas, bem como para animar festas de peão Brasil afora.

Se engana quem pensa que o boi é apenas carne. Até os Veganos que, por estilo de vida, não consomem nenhum alimento de origem animal, podem estar utilizando produtos de origem bovina sem saber.


Produtos de limpeza, cosméticos, vassouras, doces, roupas, calçados… E a lista não para por aí: biodiesel, fertilizantes, medicamentos, fios cirúrgicos, pomadas e cápsulas farmacêuticas também estão entre os diversos itens feitos com partes do gado.


A lista é muito extensa, batom, pneu, fogos de artifício e até açúcar podem ser produzidos a partir do boi. Na lista há ainda medicamentos, produtos de beleza ou de decoração, além de roupas, sorvete, chicletes e até graxa.


Do sangue bovino por exemplo, pode-se fazer cola de madeira; da placenta, creme para a pele e, dos intestinos, corda para raquetes de tênis. Tudo se aproveita, desde as entranhas até os pelos.

O bovino se transforma em inúmeros subprodutos utilizados na alimentação, agricultura, saúde, indústria da transformação, entre outros.

Ao todo, 49 segmentos industriais dependem dos subprodutos bovinos, os quais são classificados em não comestíveis e comestíveis. A depender da preparação, há determinados produtos que se enquadram em ambas as categorias.

Entre os subprodutos comestíveis, o fígado é o mais consumido. Mas há outros subprodutos – como língua, miolo, rabo, bucho e coração – que são também apreciados em certas receitas culinárias.

Os não comestíveis, aqueles que não podem ser consumidos, são desmembrados em diferentes subprodutos. Por exemplo: a bílis tratada do boi, que é usada em produtos farmacêuticos para problemas digestivos e cálculo biliar, é vendida, seca, para países do Oriente.


Veja dez produtos curiosos feitos de partes bovinas:

1 – Pó para extintor de incêndio

Extintor de incêndio

A espuma química utilizada para apagar as chamas pode utilizar um percentual de pó de cascos bovinos.


2 – Batom

Boca de mulher passando batom vermelho

O colágeno retirado do cérebro do boi é utilizado como fixador em batons e outros cosméticos.


3 – Açúcar

colher despejando açúcar num pote

Algumas empresas utilizam no refinamento do açúcar as cinzas purificadas feitas com ossos bovinos.


4 – Pasta de dente

colocando pasta de dentes na escova

A glicerina presente nas pastas de dente, e também no shampoo e condicionador, tem origem da gordura bovina.


5 – Pneu

pneus empilhados

A Gordura do boi possui ácido esteárico, usado para conservar a forma do pneu sob atrito intenso.


6 – Fogos de artifício

Fogos de artifício estourando

Assim como os pneus, os explosivos também têm ácido esteárico em sua fórmula.


7 – Estrogênio e progesterona

Mulher grávida segurando a barriga

Os hormônios que preparam o útero da mulher para uma possível gravidez são extraídos dos ovários da vaca.


8 – Porcelana

Conjunto de porcelana

A louça de porcelana pode ser feita, entre outros componentes, com pelo menos 50% de cinzas de ossos de boi, que deixam as peças translúcidas e mais duráveis.


9 – Insulina

ampola e seringa de insulina

O hormônio essencial aos diabéticos é retirado do pâncreas do animal.


10 – Biocombustível

óleo biocombustível

Além da cana de açúcar e mamona, o biocombustível também pode ser feito com gordura de carne de boi.


Quer saber mais?

Veja o que mais pode ser feito de diferentes partes do boi:

INTESTINOS – (Fios cirúrgicos, Cordas de raquetes, Cordas de instrumentos musicais)


SEBO – (Sabão, Sabonetes, Velas)


PELOS – (Pincéis, Escovas)


TENDÕES E LIGAMENTOS – (Gelatina)


SANGUE – (Vacinas, Fertilizante, Cola de madeira)


ESTÔMAGO – (Coalho, Vitamina B-12)


OSSOS E CIFRES – (Grampos de cabelo, Berrante, Botões, Pinos, Cabos de facas, Peças de xadrez, Vasos, Garrafas, Copos, Porcelana, Tintas, Corante, Eco-plástico, Açúcar)


COURO – (Cintas, Roupas, Luvas, Bolsas, Bolas, Luvas, Chuteiras)


COLÁGENO – (Creme facial, Cosméticos, Chicletes, Filmes radiológicos)


CÉREBRO – (Batom, Creme anti-rugas)


CORAÇÃO -(Farinha animal, Material cirúrgico)


PULMÃO – (Heparina – anticoagulante)


CASCO – (Pó de extintor, Teclas de piano, Botões)


LEITE – (Sorvete, Iogurte, Manteiga, Margarina, Requeijão, Queijo, Cola, Cosméticos, Remédios).


ESTERCO – (Casa de barro, Adubo)


GORDURA – (Tinta, Cera, Detergente, Pasta de dente, Sabonete, Xampú, Filtro Solar, Batom, Perfume, Xarope, Graxa, PVC, Pneu, Fogos de artifício, Sorvete, Biocombustível)


CARNE – (Hamburguer, Molho, Patê, Churrasco, Ração)


OVÁRIOS – (Estrogênio, Progesterona)


FÍGADO – (Salsicha)


PÂNCREAS – (Insulina)


PLACENTA – (Creme para a pele)


O sangue dos bovinos é aproveitado para a produção de plasma, de soro, de farinha de sangue ou sangue solúvel. O plasma é usado na fabricação de embutidos; e, do seu soro, confeccionam-se vacinas.

Por seu alto teor de nitrogênio, a farinha de sangue é aplicada como fertilizante; enquanto o sangue solúvel é desidratado e aplicado em ração animal e na cola de madeira compensada. A mucosa do bicho vai para a indústria de laticínios, para a fabricação do coalho.

Por isso o mito se desfaz e o boi se firma como um dos poucos animais, no mundo, dos quais se aproveita 100%; ou seja, tudo!


MARKETING AGRO METAL MECÂNICA


82 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo