O que são Máquinas Agrícolas?

Existem diferentes tipos de máquinas agrícolas que cumpre um papel indispensável na agricultura, neste artigo vamos discutir sobre os diferentes tipos e quais os benefícios que trazem para o agricultor. Além de aprender como escolher o melhor maquinário para sua propriedade.

As máquinas agrícolas são peças-chave para o auxílio nas tarefas do campo. Elas servem para aumentar a agilidade e rentabilidade do produtor. A mecanização dos processos agrícolas surgiu como uma demanda pela produção de alimentos em maior escala.


Atualmente, com o avanço tecnológico do setor, é possível encontrar máquinas para exercer diversas atividades no campo, proporcionando maior produtividade, precisão e agilidade.


Entre as principais máquinas agrícolas, é possível citar as que desempenham funções de: preparo do solo, semeadura, plantio e transplante, além de coleta e aplicação de fertilizantes e adubos.


Certamente, aí na sua propriedade você deve possuir pelo menos um deles. Neste artigo vamos falar dos principais implemento agrícolas e como eles contribuem diretamente na agricultura.


Benefícios das Maquinas agrícolas

A mecanização do trabalho agrícola contribui para todas as etapas da produção, tornando os processos mais rápidos e eficientes.


Confira abaixo as principais vantagens obtidas com o uso de implementos agrícolas:


Aumento da produtividade em relação à quantidade, qualidade, tempo e custo;

Aumento da vantagem competitiva do produtor;

O atendimento a prazos cada vez mais apertados e calendários de safras;

A diminuição de desperdícios entre as etapas da produção;

A redução de custos de mão-de-obra, de falhas e do impacto ambiental;

E melhor qualidade de vida para o trabalhador rural, que ganha condições de trabalho mais satisfatórias.


Máquinas agrícolas: principais tipos e funcionalidades

Maquinário de apoio à produção rural e agrícola, têm permitido a otimização e a ampliação da capacidade produtiva, a redução de perdas, a autossuficiência dessas propriedades e, claro, a inserção dos pequenos e médios agricultores no mercado.


Veja abaixo as maquinas agrícolas mais utilizadas no campo:

Maquinas agrícolas de preparação do solo

Arados

Usados no preparo periódico primário do solo, ajudam a romper camadas compactas para que entre a luz solar e nutrientes. Podem ser de discos ou de aiveca.


Arados de discos são ideais para solos secos, duros e pegajosos. Já os arados de aiveca, produzem a inversão do solo e nem sempre podem ser usados em solos com pedras e tocos.

Os arados podem ainda ser classificados de acordo com o seu formato, sendo divididos em:


Arados de Discos:

Como próprio nome já induz, esses arados são formados por discos, colunas e cubos, que são acoplados ao trator agrícola por meio dos três pontos. Essa categoria trabalha principalmente promovendo o corte, elevação e mobilização da leiva.


Arados de aiveca:

Por terem uma superfície torcida, que recebe o nome de “aiveca”, é responsável por elevar, torcer e inverter parcialmente a leiva cortada.


Máquinas agrícolas para fase de plantio


Semeadeira Agrícola

A semeadeira é a máquina que quando acoplada a um trator agrícola, pode realizar a operação de semeadura, que introduz as sementes de plantas no solo para o desenvolvimento de alimentos como feijão, soja, milho, trigo e aveia, por exemplo.


De um modo geral, a semeadeira é utilizada para semear sementes miúdas e esse é o seu maior diferencial em relação à máquina plantadeira, que trabalha com sementes maiores.


Plantadeira Agrícola

A plantadeira é uma máquina conhecida por sua eficiência nos procedimentos de plantio.

É através deste equipamento que é possível definir as condições de alinhamento e espaçamento entre as mudas. Isso é fundamental para organização e para um melhor aproveitamento do terreno plantado, evitando desperdícios.


Máquinas agrícolas para aplicação de adubos, fertilizantes e defensivos

Pulverizadores são instrumentos ou máquinas utilizadas com o objetivo de auxiliar as empresas no combate à insetos, e aplicação de sanitizantes.

Sua maior função é permitir o controle da dosagem na aplicação de produtos químicos sobre objetos e superfícies a serem sanitizadas.

Apesar de nosso foco ser a aplicação de sanitizantes, é preciso ressaltar que os pulverizadores também são amplamente utilizados na agricultura para espalhar fertilizantes e defensivos agrícolas.


Máquinas agrícolas para colheita

Integrando o time das máquinas agrícolas mais comuns, a colheitadeira combina as tarefas de colheita e limpeza de grãos, sejam eles de milho, linhaça, aveia e trigo.

Seu design e funcionalidade varia de acordo com o produto que será trabalhado. Porém, o objetivo deste equipamento é fazer com que o alimento cortado caia dentro da colheitadeira e seja transportado pela garganta do alimentador, para depois ocorrer a separação dos grão e da palha.


Máquinas Agrícolas: o que você precisa saber antes de comprar?

Quando o assunto é aumentar a produção, as máquinas agrícolas aparecem como uma excelente alternativa para alcançar bons resultados.

No entanto, a diversidade de equipamentos e alto custo oferecidos pelo mercado podem deixar o produtor rural com algumas dúvidas.

Se esse é o seu caso, fique tranquilo.



O que considerar antes de escolher a máquina agrícola para sua lavoura?

Antes de fazer a sua escolha, é importante considerar e avaliar alguns pontos importantes, quais são eles:

Identifique as necessidades da sua lavoura

Em primeiro lugar, você precisa levar em consideração a necessidade da sua lavoura, ou seja, analisar a cultura e as condições da plantação.

Isso porque, uma máquina inadequada pode:


Comprometer a produtividade do plantio;

Reduzir a sua vida útil;

Aumentar a fadiga do operador;

Elevar o consumo de combustível.

Um exemplo claro disso, são as colheitadeiras, que precisam ser escolhidas de acordo com o cultivo (arroz, milho, trigo, soja etc) e o tamanho da área. No geral, elas são utilizadas em plantações de grande porte.


Nesse mesmo contexto, temos os pulverizadores, que podem ser encontrados em diversos modelos para atender à necessidade de cada plantação e área.


Capacidade e Eficiência

No geral, a potência das máquinas é avaliada conforme o tipo de atividade realizada, as condições do terreno (topografia) e a variedade de solo. Sendo assim, a indicação referente ao tamanho da área e a eficiência do motor é:

ads

até 30 ha: entre 50 e 75 cv de potência;

entre 100 ha e 500 ha: até 130 cv;

acima de 500 ha: acima de 130 cv.

Torque máximo

Outro fator muito importante a ser analisado ao adquirir uma máquina agrícola é o torque, especialmente quando se trata de veículos pesados como tratores e caminhões, que precisam de torque para conseguir sair do lugar.


Esse instrumento é medido por quilograma-força metros (kgf.m),que verifica quantos quilogramas um trator aguenta carregar em um metro.


Além disso, ele é responsável pela capacidade do motor produzir força. Por isso, a importância de identificar a peça adequada. Até porque ter um trator potente e um torque inapropriado deixa o processo lento.


Tipo de Chassi

O chassi está relacionado diretamente com o peso e a potência do motor. Sendo assim, os veículos podem ser compostos por 2, 3 ou 4 rodas. O que vai determinar o modelo adequado será o tamanho da área. Logo, os de 4 rodas, são mais potentes e recomendados para grandes propriedades.


Transmissão

O tipo de transmissão e da tecnologia utilizada na máquina agrícola podem facilitar a troca de marcha. Assim, o uso de um maior número de marchas é útil em atividades mais complexas, uma vez que propicia a combinação de rotação do motor e velocidade.


No geral, a transmissão é responsável por fazer a comunicação entre as rodas e a potência do motor.


Consumo de combustível

Vale também avaliar os custos com o consumo de combustível, assim você saberá a melhor forma de economizar.


No caso das máquinas agrícolas a unidade de medida são os litros por hora (l/h) ou litros por hectare (l/ha).


Condições da cabine

Outro ponto a ser avaliado são as condições e conforto da cabine. Sendo assim, é importante considerar atributos como: ergonomia, alcance dos controles, níveis de ruído, ajuste de direção e banco e sistemas de climatização.


Formas de Pagamento

As formas de pagamento podem representar uma dificuldade, uma vez que, se trata de um investimento alto. No entanto, é importante avaliar as opções de financiamento rurais (crédito rural) oferecidas pelos bancos.


Como alternativa, também existem os consórcios de máquinas agrícolas, que possibilitam a compra de máquinas mais modernas, com taxas bem menores do que os juros pagos em financiamentos ou empréstimos.


Garantia

Antes de fechar qualquer negócio, não esqueça de verificar a garantia. Afinal, é ela que vai garantir um tempo mínimo de execução das funcionalidades da máquina.


Afinal, comprar maquinário usado vale a pena?

Antes de decidir se deve ou não comprar uma máquina agrícola usada, se atente para alguns fatores importantes como:


Estado físico da máquina;

Idade e rotina de uso;

Histórico da máquina: manutenção;

Custo-benefício.

Ao fazer essa avaliação, você vai saber se compensa ou não investir em um equipamento usado.


E atenção! Existem máquinas piratas no mercado, por isso vale o alerta para verificar se o fornecedor é confiável.


No mais, elas podem ser encontradas em lojas especializadas em equipamentos agrícolas.


Máquinas Agrícolas: Comprar ou alugar?

Por incrível que pareça, alugar máquinas agrícolas tem se tornado uma prática bem comum dos produtores rurais. Todavia, é necessário avaliar cada caso para verificar se vale a pena o investimento.


Contudo, é importante lembrar que essa é uma alternativa viável para produtores que não tem condições de fazer investimentos altos, porém precisam de equipamento para sustentar a lavoura.


Em alguns casos, o aluguel acontece como uma medida emergencial. Ou seja, o produtor precisa de um maquinário especial em um momento pontual.


Nesse sentido, o aluguel das máquinas tem lá suas vantagens:


Flexibilidade no aumento da quantidade de máquinas agrícolas;

Empresa acompanhando a manutenção e o processo produtivo da máquina;

Disponibilidade de maquinário;

O dinheiro que seria investido na compra pode ser direcionado para outra necessidade.

Por fim, quando falamos em investimento com maquinário, é necessário considerar a questão financeira do produtor, sobretudo, quando os bancos oferecem altos juros com financiamentos.


Conclusão

Uma coisa é certa, o uso de máquinas agrícolas é capaz de otimizar o processo de produção nas propriedades rurais. No entanto, pode representar um investimento alto para o produtor rural.


Sendo assim, é importante considerar aspectos importantes antes de decidir se deve comprar uma máquina nova, usada, ou até mesmo, aderir ao aluguel de maquinários.


Afinal, onde encontrar os melhores fornecedores de Máquinas Agrícolas?

Aqui no www.agrometalmecanica.com.br você encontra os melhores e mais conceituados fornecedores de Máquinas Agrícolas e fornecedores de peças do Brasil e do exterior.


MARKETING AGRO METAL MECÂNICA


141 visualizações0 comentário