VOCÊ SABE A IMPORTÂNCIA DE USAR (EPI) EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL ?

Equipamento de proteção individual (EPI) é qualquer meio ou dispositivo destinado a ser utilizados por uma pessoa contra possíveis riscos ameaçadores da sua saúde ou segurança durante o exercício de uma determinada atividade. Um equipamento de proteção individual pode ser constituído por vários meios ou dispositivos associados de forma a proteger o seu utilizador contra um ou vários riscos simultâneos. O uso deste tipo de equipamentos só deverá ser contemplado quando não for possível tomar medidas que permitam eliminar os riscos do ambiente em que se desenvolve a atividade.


O EPI é importante para proteger os profissionais individualmente, reduzindo qualquer tipo de ameaça ou risco para o trabalhador. O uso dos equipamentos de proteção é determinado por uma norma técnica chamada NR 6, que estabelece que os EPIs sejam fornecidos de forma gratuita ao trabalhador para o desempenho de suas funções dentro da empresa.

Todas as atividades profissionais que possam imprimir algum tipo de risco físico para o trabalhador devem ser cumpridas com o auxílio de EPIs – Equipamentos de Proteção Individual, que incluem óculos, protetores auriculares, máscaras, mangotes, capacetes, luvas, botas, cintos de segurança, protetor solar e outros itens de proteção. Esses acessórios são indispensáveis em fábricas e processos industriais em geral.


EPI para garantir a saúde e proteção.

O uso do EPI é fundamental para garantir a saúde e a proteção do trabalhador, evitando consequências negativas em casos de acidentes de trabalho. Além disso, o EPI também é usado para garantir que o profissional não será exposto a doenças ocupacionais, que podem comprometer a capacidade de trabalho e de vida dos profissionais durante e depois da fase ativa de trabalho.


Para que uma empresa possa conhecer todos os equipamentos de proteção individual que devem ser fornecidos aos seus funcionários, é necessário elaborar um estudo dos riscos ocupacionais. Esse tipo de trabalho facilita a identificação dos perigosos dentro de uma planta industrial, por exemplo, e ajuda a empresa a reduzi-los ou neutralizá-los.


Principais tipos de EPIs

Para garantir a saúde e proteção física do colaborador, o uso do EPI é fundamental, pois evita exposição a doenças ocupacionais e as consequências negativas geradas em caso de acidente do trabalho. Entre os principais tipos de EPIs fornecidos pelas empresas, podemos citar os seguintes.


Proteção auditiva

Esses são equipamentos utilizados por colaboradores que realizam atividades sendo expostos a ruídos altos e constantes. O mais comumente usado é o protetor auricular tipo inserção moldável (plug) ou tampões. Mas, conforme o serviço realizado, também podem ser encontrados protetores no modelo de abafador, fone e concha.


Proteção respiratória

A importância do EPI também se estende para quem atua com serviços orgânicos ou agentes químicos que, quando inalados, podem ser prejudiciais à saúde do trabalhador. Nessa categoria, estão as máscaras e respiradores com filtro que protegem o colaborador dos agentes contaminantes possivelmente inalados, como névoas, poeiras, gases, fumos e vapores.


Proteção visual

Para a proteção do impacto de quaisquer partículas nos olhos, são desenvolvidos óculos mais resistentes como modelos de EPI. Dessa forma, é possível encontrar no mercado óculos feitos de acrílico translúcido para a proteção dos globos oculares, como também modelos mais escuros para evitar a iluminação intensa e radiação UV.


Proteção facial

Há serviços realizados pelo colaborador onde há risco de partículas, respingos químicos, impactos e poeira virem em direção à sua face. Nesse caso, é essencial proteger a região da face como um todo, fazendo o uso de EPI, como a máscara de proteção. Esse tipo de equipamento é feito de uma placa de acrílico transparente que fica à frente do rosto e uma alça que se prende na cabeça. Assim, o profissional pode trabalhar sem prejudicar a sua visão.


Proteção da cabeça

Para evitar o risco de impactos contra na cabeça, os EPIs mais indicados são os capacetes. Feitos de materiais sintéticos, os capacetes são bastante resistentes aos impactos, como quedas, pancadas, choques mecânicos e projeções de objetos na cabeça. Entre os modelos, há os mais simples até os mais elaborados, com fendas laterais para a conexão de acessórios, como protetores faciais, auditivos e lanternas.


Proteção das mãos

Outro EPI bastante importante são aqueles que oferecem proteção das mãos. Independentemente do tipo de atividade realizada pelo funcionário, as mãos são os membros essenciais, já que, em diversas funções, necessitam do seu uso em tempo integral. Por isso, para evitar eventualidades e acidentes que impossibilitem o uso das mãos, elas devem contar com uma proteção mais ampla, como luvas, creme protetor e dedeira.


Proteção contra queda

Em qualquer atividade há risco de queda, mas nas tarefas executadas acima de dois metros de altura do solo, é indispensável o uso de determinados EPIs, como trava-quedas, talabarte, ancoragem e cinturão de segurança. Assim, é possível evitar quedas do colaborador em locais instáveis ou altos.


O EPI é importante para proteger os profissionais individualmente, reduzindo qualquer tipo de ameaça ou risco para o trabalhador. O uso dos equipamentos de proteção é determinado por uma norma técnica chamada NR 6, que estabelece que os EPIs sejam fornecidos de forma gratuita ao trabalhador para o desempenho de suas funções dentro da empresa.


É obrigação dos supervisores e da empresa garantir que os profissionais façam o uso adequado dos equipamentos de proteção individual. Os EPIs devem ser utilizados durante todo o expediente de trabalho, seguindo todas as determinações da organização.


No caso de equipamentos perdidos ou danificados, é responsabilidade da empresa substituí-lo imediatamente. O uso adequado e responsável do EPI evita grandes transtornos para o trabalhador e, também, para a empresa, além de garantir que as atividades sejam desempenhadas com mais segurança e eficiência.


Os equipamentos de proteção individual devem ser mantidos em boas condições de uso e precisam ter um Certificado de Aprovação do órgão competente para garantir que estão em conformidade com as determinações do Ministério do Trabalho. Empregados e empregadores devem compreender a importância do uso de equipamentos de proteção no dia a dia da empresa.


No portal www.agrometalmecanica.com.br você encontre fabricantes e distribuidores de EPI Equipamentos de proteção Individual para todos os seguimentos, seja para a Industria Metal Mecânica ou para a Agroindústria.


23 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo